terça-feira, 13 de abril de 2010

Sobre isso e aquilo outro

Meus milhares de poucos leitores podem até achar que desvirtuei do objetivo deste blog, mas digo que não, intitulei como diário justamente para ter a liberdade de expressar o que quiser, ficando isento de qualquer explicação.

Mesmo assim, digo que mantive o foco na vida de um enfermo, logo que sofro de várias enfermidades, principalmente a espiritual.

Sempre fui bastante fechado, pouco comento sobre minha vida e minhas experiências (principalmente as tristes) e confesso que estou gostando de externar tudo isso, mesmo que deixando tão exposto e sem saber quem está lendo.

Contudo, como sei que grandes e fiéis amigos lêem este blog, para de certa forma se manter informado de como estou me recuperando deste acidente, falarei um pouco sobre.

Estou me recuperando bem (calma que eu detalho esse "bem"), aparentemente ando como uma pessoa comum, pelo menos nos primeiros 5 minutos. O que acontece é que tenho constantes dores no calcanhar esquerdo, onde fraturei, mas segundo o médico e o raio-x, não existe mais a fratura e segundo este especialista, a dor é normal (estranho, né? a dor ser normal).

A outra fratura também está curada, porém tenho certa limitação no movimento do tornozelo, que segundo o mesmo especialista, só posso melhorar esse movimento retirando a placa e os parafusos (que estavam ali apenas para segurar o osso no lugar certo, enquanto o corpo "soldava" o mesmo) e retomando a fisioterapia, desta vez, mais intensa que antes.

Até o dia de hoje (13), não recebi um "puto" do (in)responsável pelo acidente e tudo que precisei fazer foi por conta própria (na verdade, com ajuda dos parentes mais próximos, aqueles que não sumiram depois do acidente), várias consultas, 10 sessões de fisioterapia, vários raios-x e o translado de casa para o hospital, clínica, etc. A partir deste mês melhorou, pois agora tenho plano de saúde (recomendo a todos).

Tenho direito de receber o seguro obrigatório em caso de acidentes de trânsito, o famoso DPVAT, porém para chegar até o pote de ouro, há uma jornada épica, onde muitos são vencidos pelo cansaço.

Até que eu estava indo bem, fiz um exame há 90 dias no IML para atestar minha debilidade de caráter permanente (a dor constante e a limitação de movimento, me impedem de levar uma vida "normal"), porém neste primeiro exame, o perito achou cedo para dar esse “veredicto” e pediu que eu retornasse 90 dias depois.

Deveria ter voltado lá semana passada para fazer este exame, inclusive, até meu traumatologista me deu esse atestado, o que torna ainda mais fácil que a perícia do IML chegue a mesma conclusão (que é óbvia), mas meu Advogado, sumiu, escafedeu-se, farrapou, não apareceu, me deixando a míngua.

Não foi por falta de aviso, passei todos os dias da semana que antecedia o exame entrando em contato e alertando da data, mas como na minha vida (eu choro mesmo) tudo é mais complicado (as vezes impossível), terei que esperar.
Ainda não sei como nem quando farei novamente este exame, mas só depois dele, poderei enfim dar entrada no seguro e aguardar uns 8 meses, se tiver sorte, por algum trocado.

O mesmo processo serve para a ação contra o filho DE mãe de motorista de ônibus da linha 101 Grotão.

UPDATE: Sei que pareceu confuso, mas só quis dizer que o responsável pelo acidente e o motorista de ônibus desta linha, são filhos de R#$%*#$%#.

Quer dizer, tudo girava em torno deste exame, portanto ele era a coisa mais importante do mundo para mim (para ele também, já que ficará com uma apetitosa fatia do bolo), mas ele esqueceu ou priorizou outra coisa. Assim que tiver novidades a respeito, atualizo aqui, afinal, comedia da vida real (e dos outros) é sempre atrativa, não é mesmo?

Enquanto isto, continuo andando de ônibus e rejeitando ligações dos credores, já que eles não gostam nem acreditam nas minhas histórias tristes. Inclusive, se tiver algum lendo isso, peço paciência, o aleijado vai pagar todos vocês, quer dizer, eu acho que sim.

P.S. Prezado Advogado, se por ventura estiver lendo isto, Aconselho: Se quiser mudar de profissão, acredito que se dará bem como motorista de ônibus da linha A101 Grotão – João Paulo II.

Um comentário:

  1. meodeos! :/

    good luck!!

    P.S: Vou tentar escrever o quanto antes. :)

    ResponderExcluir